Bastidores com ApolloExclusivo

Exclusivo: o que diz a esposa do treinador Falcão, acusado de importunação sexual

Esposa de Falcão fala sobre acusações que recaem sobre o treinador

O legendário ex-jogador de futebol Paulo Roberto Falcão, agora treinador esportivo, pediu demissão do Santos FC depois de ser acusado de importunação sexual por uma recepcionista do apart hotel onde mora. O gaúcho trabalhava no Peixe desde novembro de 2022. O ídolo da Seleção Brasileira negou as acusações, mas pediu demissão do clube. Mas ele nega que tenha pedido para sair em decorrência da acusação. Segundo o ídolo do Internacional – ou Colorado, como é chamado no Rio Grande do Sul – o motivo foi a enxurrada de críticas pelo atual desempenho do time.

O também ex-comentarista esportivo (na RBS-TV de Porto Alegre, no programa Jornal do Almoço, apresentado por sua esposa, Cristina Ranzolin) publicou uma nota explicando sua decisão:

Em respeito à torcida do Santos Futebol Clube, pelos recentes protestos diante do desempenho do time em campo, decidi deixar o cargo de coordenador esportivo nesta data. Meu sentimento, em primeiro lugar, é defender a imagem da instituição. Sobre a acusação feita nesta sexta-feira, que recebi com surpresa pela mídia, afirmo que não aconteceu.

Segundo especialistas, Falcão foi um dos maiores volantes da história da Seleção Brasileira e do futebol mundial, pois agregava técnica no drible, controle de bola e qualidade na finalização.

Começou a jogar profissionalmente no Internacional na década de 1970, no meio-campo. Tecnicamente, era meia-direita, mas jogava avançado e, rapidamente, se destacou pela quantidade de gols, virando capitão do Internacional nos Campeonatos Brasileiros de 1975, 1976 e 1979, além de ter ganho cinco estaduais (1973, 1974, 1975, 1976 e 1978).

Estreou na Seleção Brasileira em 1976, ganhou a Bola de Ouro, dada ao melhor jogador do Brasileirão daquele ano, era para ter sido convocado para jogar na Copa do Mundo da Argentina, em 1978. Porém, em uma das convocações, Falcão se apresentou dois dias atrasado por problemas médicos e, após o jogo contra a Colômbia, houve uma briga com o treinador Cláudio Coutinho, o que levou à sua exclusão da seleção, sendo substituído por Chicão, do São Paulo.

Depois que o flamenguista Zico abriu as porteiras do mundo e clubes europeus começaram a contratar jogadores brasileiros, Falcão foi um dos primeiros astros canarinhos a brilhar no Velho Continente. Sua remuneração foi a mais alta paga até então para um jogador de futebol na Itália: mais de mil milhões de liras por ano.

Na Itália, ganhou o apelido de Oitavo Rei de Roma. Quem conhece a história da hoje Itália, entende. Quem não sabe do contexto histórico que levou ao apelido, aproveite para expandir seus conhecimentos e “dê um Google”.

Acabou saindo do clube por divergências com o então presidente Dino Viola. Por mais esse entrevero, Falcão começou a ser taxado de difícil, chucro, soberbo, pavio curto. Discreto, mas duro no lidar com os colegas.

O também apelidado de “Divino” pelos italianos é casado com a ex-apresentadora do Jornal Hoje (1993-1996), quando dividia a bancada com Cláudia Cruz, esposa do infame ex-presidente da Câmara e condenado pela Lava Jato, Eduardo Cunha. Eles têm uma filha: Antônia, de 18 anos.

Cristina é filha do falecido e legendário jornalista esportivo Armindo Antônio Ranzolin e, depois de voltar da Globo para sua terra natal, assumiu o comando do programa mais antigo e tradicional do Sul, o Jornal do Almoço, no ar desde 1972, líder absoluto de audiência no horário. Portanto, em sua terra natal e de residência, a esposa de Falcão é uma estrela como ele. Logo que brotou a notícia da acusação, as redes sociais e imprensa gaúcha saíram atrás dela para saber como reagiria.

A possibilidade de ter sido traída pelo companheiro de décadas levaria a uma separação?

Cristina se manteve em silêncio e não foi à emissora onde trabalha, tirando uma folga imprevista. Contudo, uma amiga de adolescência da apresentadora nos revelou como ela está se sentido e o que pretende fazer depois deste escândalo envolvendo o nome do pai de sua filha única.

A ex-colega de aula conta que Cristina não estava abatida, sua aparência não demonstra que esteja conturbada. Pelo contrário, conforme um vizinho, ela foi vista com amplos sorrisos, acariciando um cãozinho perto de sua casa e conversando descontraidamente com uma senhora que caminhava com ela.

Em uma troca de mensagens entre as amigas de longa data, Cristina revelou que confia plenamente no marido, que entenderá se a acusadora tiver se sentido de alguma forma violada pelas palavras do marido, a quem chama de “antigão” e “com palavreado que, hoje em dia, é por vezes mal entendido”, complementando que “já tentei escolar ele sobre o novo vocabulário aceito pelas novas gerações, mas cachorro velho não aprende novos truques”.

Uma outra fonte, que trabalha com a jornalista, disse acreditar que Cristina esteja esperando para olhar no olho do marido para descobrir a verdade. “Ela é muito intuitiva, já brincamos que é nossa feiticeirinha”, conta o colega. Quanto ao “jeitão” antiquado do Falcão, ele opina que “não é tão ‘cringe’ assim”, avaliando que ele talvez tenha feito alguma piadinha ou comentário sobre a beleza da recepcionista em questão. Mas “não quero me comprometer, nunca se sabe, homem é homem”, brincou. Ele classifica a relação do jogador com a apresentadora como “uma harmonia só”, sem trancos e barrancos, pois “ambos são tediosamente centrados”. A filha é que é mais rebelde. “Caras e Caretas em reverso”, disse, em referência ao seriado que fez Michael J. Fox famoso.

Falcão já chegou em Porto Alegre e foi para casa. Um amigo diz que há um churrasco de família marcado antes do incidente para este domingo, com parentes de ambos. A presença do casal não foi cancelada. Se aparecerem juntos, isso já será um sinal de que Cristina, pelo menos por enquanto, mantém a confiança em seu marido. Claro, a aparência dos dois, o jeito que vão interagir, os olhares, serão bem observados, naturalmente. Entretanto, se um ou ambos não comparecerem, será um sinal de estremecimento. Ou necessidade de ficar longe dos olhos fuxicantes de amigos e familiares, fora a mídia.

De qualquer forma, nossa solidariedade e apoio a quem quer que seja ou se sinta importunado sexualmente. Que as autoridades investiguem a fundo e punam, caso comprovado o crime.

***O texto acima é de inteira responsabilidade do autor e não reflete necessariamente a opinião do Portal S4.

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo

Adblock Detectado

O Portal S4 exibe anúncios para manter nosso conteúdo gratuito, ajude-nos, desligando seu bloqueador de anúncios!