NotíciasExclusivo

O Outro Lado: o que Victor Meyniel fez de errado?

Não, não existe justificativa alguma para o que o estudante de medicina Yuri Moura Alexandre fez com o ator Victor Meyniel. Ele foi covarde. Bateu em uma pessoa que não tinha condições de revidar e sem motivo. Não estava se defendendo de algum ataque fortuito. Imagina que péssimo médico será, caso ele termine o curso!

No entanto, surgiu um lado a mais na história da agressão. Nada que a desculpe ou sirva de explicação. Mas detalhes do que aconteceu antes que recheiam melhor esse caso.


Primeiramente, o advogado de Yuri tem argumentado que o porteiro sabia da homossexualidade do rapaz e, portanto, a teoria de que ele teria se descontrolado por ter tido sua identidade sexual revelada cairia por água abaixo.

Segundo uma amiga do porteiro, Yuri entrava com rapazes, tarde da noite, toda hora, o que deixava claro que mantinha relações sexuais com eles, que comumente eram do tipo mais afeminado, segundo conta a moça. O universitário teria preferência por tipos mais femininos, como Victor, e isso fazia com que ficasse evidente o que iriam fazer na madrugada no apartamento do moço.


Saíam geralmente logo ao amanhecer, adicionou. Então, por que Yuri teria se irritado com o ator?
Caso Yuri quisesse apenas expulsar o ator do apartamento por causa da chegada da sua colega, que dorme em outro quarto, por que teria descido em outro elevador para encontrá-lo no térreo?


Vizinhos que conversaram com a mulher que foi inicialmente noticiada como sendo esposa do estudante de medicina dizem que ela conta que o motivo da briga foi mais complexo.

PhotoFunia 1694221595 O Outro Lado: o que Victor Meyniel fez de errado?

Ela chegou de manhã cedo, depois de um plantão no trabalho. Ela sabia que eles estavam lá, pois Yuri havia mandado um “zap” avisando que estava acompanhado e perguntando se poderia abrir um vinho que pertencia a ela, prometendo comprar outro logo adiante. E Victor também sabia, pois foi informado sobre ela e o horário que chegaria.


Acontece que Victor teria começado a agredir verbalmente a moça sem aparente motivo. Ela nem deu ouvidos, pois notou que o ator estava alterado, suspeitou que tivessem bebido e até “tekado”, eis que sua agressividade seria resultado dessa mistura e um certo ciúmes da intimidade dela com o colega de apartamento.


As palavras tóxicas de Victor começaram a irritar Yuri, que pediu para ele parar. Uma cena de ciúmes foi interrompida com Yuri deixando claro que estava ali interessado apenas em um episódio de diversão, sem compromisso, e que aquele tipo de cobrança estava fora de contexto. Mas Victor teria continuado a se portar como se fosse namorado do mineiro, que acabou empurrando-o para fora do apartamento depois de uma discussão.

Victor teria gritado ofensas contra a moça, do lado de fora da porta, do corredor, pouco antes de entrar em um dos elevadores, o que fez com que Yuri saísse atrás dele, pegando o elevador de serviço.


Nada disso perdoa a atitude violenta e desumana de Yuri. Segundo colegas de faculdade, ele é “enfezado” e “muito metido”, “se acha o maioral”, tem um ego inflado e pavio curto. Não serve para ser médico. Precisa ser punido e aprender a não usar os músculos para resolver conflitos.

Quanto a sua homossexualidade, fica a dúvida: ele escondia ou não? Foi casado no papel e tudo com outro homem. Mas há rumores de que tudo não passou de uma tentativa de golpe do baú. Que o estudante oferece serviços sexuais a gays em troca de dinheiro ou outros ganhos. Mas isso você descobre amanhã, na próxima reportagem exclusiva sobre o caso.

***O texto acima é de inteira responsabilidade do autor e não reflete necessariamente a opinião do Portal S4.

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo

Adblock Detectado

O Portal S4 exibe anúncios para manter nosso conteúdo gratuito, ajude-nos, desligando seu bloqueador de anúncios!