NotíciasEconomia

Ministério do Turismo anuncia investigação sobre cancelamentos de 123 milhas

Situação "grave"

Em recente reviravolta, o Ministério do Turismo, em conjunto com a Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon) do Ministério da Justiça, declarou a intenção de investigar o cancelamento de pacotes de viagens pela agência 123 Milhas. O movimento ocorre após a empresa anunciar na sexta-feira (18) que suspenderia seus pacotes de viagens promocionais e suspenderia a emissão de passagens para sua linha ‘Promo’ para viagens programadas entre setembro e dezembro de 2023.

Classificando a situação como “grave”, o Ministério do Turismo manifestou profunda preocupação com a decisão da 123 Milhas de suspender os pacotes e a emissão de bilhetes, impactando assim as viagens previamente reservadas sob a linha ‘Promo’. Esta linha, conhecida por sua flexibilidade em datas e opções de viagem, estava originalmente programada para partidas de setembro a dezembro de 2023.

Leia também: Como converter pontos do cartão de crédito em milhas aéreas?

O Ministério do Turismo manifestou a intenção de colaborar com a Senacon para iniciar um procedimento investigativo com o objetivo de obrigar a empresa a prestar contas transparentes dos motivos por trás desses cancelamentos. Além disso, apelam à identificação de todos os consumidores afectados e à aplicação de medidas adequadas para corrigir os danos sofridos.

Ambos os ministérios são inabaláveis em seu compromisso de não apenas evitar que incidentes semelhantes ocorram no futuro, mas também de responsabilizar as empresas por ações que possam sugerir comportamento mal-intencionado.

Nota Ministério do Turismo anuncia investigação sobre cancelamentos de 123 milhas
Nota/ DIVULGAÇÃO

Anúncio de 123 Milhas

O anúncio bombástico da 123 Milhas chegou nesta sexta-feira (18), revelando a decisão da empresa de suspender temporariamente a emissão de passagens e pacotes para sua linha de viagens promocionais destinadas a viagens entre setembro e dezembro de 2023. Citando a persistência de circunstâncias adversas de mercado fora de seu controle, a empresa divulgou que os passageiros que fizeram reservas para esse período não teriam seus bilhetes emitidos.

“Devido à persistência de circunstâncias de mercado adversas, alheias à nossa vontade, a linha PROMO foi suspensa temporariamente e não emitiremos as passagens com embarque previsto de setembro a dezembro de 2023”, diz comunicado publicado no site da empresa.

A empresa, no entanto, busca mitigar os transtornos causados ao garantir aos clientes que receberão reembolso integral de seus pagamentos. Essas restituições serão facilitadas por meio de vouchers que vêm com uma taxa de correção monetária de 150% do CDI (Certificado de Depósito Interbancário), superando a inflação e os juros de mercado. Os vouchers, destinados à compra de voos, hotéis e pacotes, só podem ser utilizados nas ofertas da 123 Milhas. A comunicação, no entanto, permanece vaga sobre a possibilidade de reembolsos monetários além dos serviços da empresa.

No anúncio, a 123 Milhas expressou empatia pela mudança inesperada e pelas possíveis interrupções que ela pode causar, ressaltando seu compromisso em manter a confiança do cliente e trabalhar para minimizar o impacto negativo.

Leia a nota na íntegra: Milhas 123

Esclarecimentos e dúvidas de clientes

A empresa respondeu às perguntas dos clientes confirmando que os bilhetes já emitidos, identificados por meio de códigos localizadores ou bilhetes eletrônicos, permaneceriam válidos para viagens.

Para clientes com pedidos pendentes dentro da linha ‘Promo’ programados para setembro a dezembro de 2023, a empresa afirmou que esses bilhetes não seriam emitidos. A empresa pretende fornecer reembolsos integrais, como mencionado anteriormente, por meio de vouchers com taxas de correção monetária aprimoradas.

Em relação às viagens a partir de janeiro de 2024 sob a linha ‘Promo’, a empresa aconselhou os clientes a iniciar pedidos de voucher. Eles garantiram aos clientes que esses reembolsos seriam realizados nos mesmos termos daqueles programados para viajar até dezembro de 2023.

A empresa confirmou que os vouchers recebidos podem ser utilizados dentro de um período de 36 meses a partir da data da solicitação.

Os clientes podem fazer a solicitação de vouchers pelos canais oficiais da agência: no site 123 Milhas (www.123milhas.com ou www.123milhas.com.br), na aba ‘Promo 123’, ou via WhatsApp pelo telefone (31) 99397-0210.

À medida que a investigação se desenrola e os clientes buscam respostas, o Ministério do Turismo e a Senacon se mantêm firmes em seu compromisso de salvaguardar os direitos do consumidor e garantir transparência e responsabilidade no setor de turismo.

***O texto acima é de inteira responsabilidade do autor e não reflete necessariamente a opinião do Portal S4.

Guilherme Silva

Guilherme Silva é jornalista formado pela Universidade do Estado de Minas Gerais, com experiência em assessoria de imprensa, produção de eventos, gestão cultural e análise de redes sociais. E-mail: ghsjornalismo@gmail.com

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo

Adblock Detectado

O Portal S4 exibe anúncios para manter nosso conteúdo gratuito, ajude-nos, desligando seu bloqueador de anúncios!