André SilvaMúsicaNotícias

The Town 2023 serviu comida estragada a trabalhadores, diz site

Relatos de funcionários, fotos de refeições impróprias e hospitalização de uma pessoa evidenciam irregularidades em evento, dos mesmos organizadores do Rock In Rio

Segundo o Intercept Brasil, trabalhadores do The Town 2023, evento em São Paulo dos mesmos organizadores do Rock In Rio, relataram condições degradantes e humilhação durante o festival. Conversas e fotos de refeições estragadas foram compartilhadas em grupos de WhatsApp, evidenciando a situação enfrentada pelos vendedores ambulantes.

Em mensagens trocadas desde a abertura do evento em 2 de setembro, os relatos demonstraram a dificuldade no acesso à alimentação adequada, com funcionários compartilhando fotos e reclamações sobre comida estragada, inclusive com a presença de cabelos e até larvas nos alimentos.

Representantes da empresa contratada para organizar a venda de bebidas, 2East, responderam às queixas indicando que haviam sinalizado o problema à Sapore, fornecedora da comida, mas pouco puderam fazer além disso. Ainda de acordo com o site, a Sapore, uma multinacional brasileira especializada em serviços de alimentação para grandes contingentes, foi contatada para esclarecimentos, mas não houve retorno.

Conforme informações divulgadas pelo veículo, além das fotos de alimentos impróprios para consumo, surgiram relatos mais graves, que inclui um trabalhador que teria sido hospitalizado após consumir uma refeição, desenvolvendo uma inflamação no intestino. O Intercept Brasil menciona que, embora não tenha sido possível localizar esse trabalhador, uma mensagem obtida durante o evento corroborou essa informação.

Questionadas – pelo Intercept Brasil – sobre as acusações, tanto a Rock World quanto a 2East negaram irregularidades, reafirmando terem seguido padrões rigorosos e fiscalizações adequadas. Entretanto, após a publicação das denúncias, a Rock World emitiu uma nota de repúdio alegando não ter recebido acusações formais e acusando o site de usar o nome dos organizadores para ganhar notoriedade.

Apesar das declarações das empresas envolvidas no evento, outras denúncias começaram a surgir posteriormente, vindas de ex-trabalhadores nas redes sociais. O Intercept Brasil buscou um posicionamento adicional da Rock World sobre a qualidade da comida oferecida, mas até o momento não houve resposta por parte da empresa.

O Portal S4 entrou em contato com as empresas responsáveis e com a assessoria do festival, mas até a publicação desta matéria eles não retornaram.

***O texto acima é de inteira responsabilidade do autor e não reflete necessariamente a opinião do Portal S4.

André Silva

Vencedor do Prêmio Themis de Jornalismo, sou formado em Comunicação pela Universidade Veiga de Almeida, jornalista apaixonado pela comunicação e fundador da Mala Cultural. Também atuo como assessor de imprensa, com ampla experiência em canais digitais. Com curso em Relações Internacionais pela FGV, possuo habilidades com espanhol, inglês e francês.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock Detectado

O Portal S4 exibe anúncios para manter nosso conteúdo gratuito, ajude-nos, desligando seu bloqueador de anúncios!