Economia

Selic reduzida: Entenda os impactos no Mercado Imobiliário

A recente redução da taxa Selic para 12.25% ao ano no Brasil é motivo de otimismo para a economia e o ânimo dos consumidores. No entanto, de acordo com o corretor de imóveis e CEO da Escodelar Inteligência Imobiliária, Rafael Scodelario, uma reviravolta pode ocorrer no setor de crédito imobiliário: os bancos podem não planejar mexer nas taxas este ano, postergando ajustes para o início do próximo ano.

Segundo Rafael, embora a medida gere expectativas positivas para os consumidores, a eficácia imediata da redução não será sentida. Especialistas acreditam que a mudança pode impulsionar a busca por propriedades, incentivando clientes a considerarem a aquisição de imóveis.

Para o especialista, é crucial destacar que a redução não implica automaticamente em taxas de crédito imobiliário mais baixas este ano, “Os bancos optam por vezes em implementar essas mudanças em datas específicas, muitas vezes no início do ano seguinte”, informa Scodelario.

O profissional questiona que a questão que se coloca é se vale a pena esperar pela redução das taxas em 2023. A resposta, de acordo com o especialista, é que quanto mais cedo a decisão de compra for tomada, melhor. Isso se deve ao fato de que, mesmo que as taxas de juros reduzam, a valorização dos imóveis costuma superar esse decréscimo ao longo do tempo.

Rafael assegura que ao adentrar no financiamento imobiliário agora, mesmo pagando um pouco mais caro, há a compensação pela valorização do imóvel, que estará mais acessível comparado ao próximo ano, “Agora que o estímulo para os consumidores está presente; cabe a cada indivíduo avaliar o momento certo para realizar o sonho da casa própria”, finaliza.

***O texto acima é de inteira responsabilidade do autor e não reflete necessariamente a opinião do Portal S4.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock Detectado

O Portal S4 exibe anúncios para manter nosso conteúdo gratuito, ajude-nos, desligando seu bloqueador de anúncios!