André SilvaFamosos

Rafael Cortez revela que piadas feitas há 10 anos no CQC o levaram a pedir desculpas

Cortez revela bastidores do programa, arrependimentos e dom natural para a comédia

Rafael Cortez, figura do extinto programa CQC, abriu o baú de memórias em uma entrevista ao podcast Pra Cyma, conduzido pela humorologista Maryana com Y. O comediante e jornalista, conhecido por sua atuação marcante no programa de televisão que cativou o público brasileiro em 2008, compartilhou detalhes inéditos e reflexões profundas, proporcionando uma visão íntima dos bastidores e dos desafios enfrentados.

Um dos pontos destacados foi a evolução pessoal e profissional de Cortez, agora aos 47 anos e com quase três décadas de carreira. Ele ressaltou a importância do respeito como limite em suas abordagens na época do CQC. “Era uma época louca. A opinião pública adorava o programa, e ir contra aquilo não era bem visto”, lembra Cortez, reconhecendo que hoje compreende melhor os limites éticos e morais das piadas e abordagens.

O artista também revelou um episódio marcante de reconciliação, no qual teve que resolver situações delicadas geradas por piadas e grosserias anos depois. “Recentemente, pedi desculpas a um cantor por uma piada feita há 10 anos. Descobri que ele não aceitava convites por causa disso. Peguei o celular, liguei e pedi desculpas”, revela Cortez, demonstrando seu amadurecimento ao encarar as consequências de suas ações passadas.

Rafael Cortez e Maryana com Y Rafael Cortez revela que piadas feitas há 10 anos no CQC o levaram a pedir desculpas
Foto: Reprodução de internet

Além disso, Cortez compartilhou um momento tenso durante a Copa do Mundo na África, em 2010, quando quase foi preso após uma abordagem ousada. Enquanto buscava entrevistar personalidades em um camarote exclusivo, encontrou-se em uma situação perigosa com o chefe de segurança do presidente local, enfrentando a ameaça de ser detido.

Surpreendentemente, o comediante admitiu que levou anos para se enxergar como tal. Apesar do sucesso no CQC, ele revelou que nunca se especializou em comédia, tendo sua habilidade natural de fazer as pessoas rirem como um dom intrínseco. “Foram anos até eu me perceber como comediante. Nunca fiz um curso na área”, confessa.

A entrevista mergulhou não apenas nos bastidores do programa, mas também nas motivações pessoais de Cortez. Ele destacou sua determinação e ousadia como elementos fundamentais para sua trajetória. “Sempre fui persistente, desde a infância. Essa atitude foi essencial no CQC e na minha vida”, compartilha o artista.

Assista a entrevista

***O texto acima é de inteira responsabilidade do autor e não reflete necessariamente a opinião do Portal S4.

André Silva

Vencedor do Prêmio Themis de Jornalismo, sou formado em Comunicação pela Universidade Veiga de Almeida, jornalista apaixonado pela comunicação e fundador da Mala Cultural. Também atuo como assessor de imprensa, com ampla experiência em canais digitais. Com curso em Relações Internacionais pela FGV, possuo habilidades com espanhol, inglês e francês.

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo

Adblock Detectado

O Portal S4 exibe anúncios para manter nosso conteúdo gratuito, ajude-nos, desligando seu bloqueador de anúncios!