Música

Pedro Bezerra lança Samba do Lamento

Faixa tem participação do violonista Natan Marques, músico que por muitos anos acompanhou Elis Regina

[ouça aqui]

O artista Pedro Bezerra começou cedo sua jornada junto ao piano, se apaixonando pelos clássicos da música brasileira, principalmente a Bossa Nova de Tom Jobim. Lançou seu primeiro trabalho autoral em 2020, e desde lá já produziu mais três singles, sendo o último e mais relevante “Quando O Mar Te Dá Asas” com milhares de plays no Spotify. Para esse ano, o artista prepara seu primeiro EP, ”Tons Vizinhos”, que estará nas plataformas ainda no primeiro semestre. A primeira música do projeto, ‘Samba do Lamento’ chega hoje às plataformas, e conta com a participação de músicos renomados, como Wilson Levy, que assina a produção e gravação de contrabaixo, Edu Nali na bateria e   participação especial do violonista Natan Marques, músico que por muitos anos acompanhou Elis Regina, e que apresenta na faixa os acordes geniais do seu violão, além de arranjar melodias de vozes para o coro.

“Pra mim é uma grande honra poder contar com músicos tão experientes na produção deste single. A obra de Elis Regina é uma grande inspiração para mim, e quando compus nem imaginaria que a gravação teria participação de ninguém menos que o lendário Natan Marques. Só tenho a agradecer à grande sensibilidade do produtor Wilson Levy por juntar uma equipe tão especial para esse projeto”, afirma Pedro. 

Pedro tem rodado o país com sua música e já participou dos festivais de rua paulistanos ‘Jingle Blues’ (2019) e ‘Deu Jazz na Pompeia’ (2019) e do Festival de Música de Vazante (FESTIVAZ) em 2022, mesmo ano que se apresentou no Hall do Theatro Municipal de São Paulo.

Confira a letra:

Samba do Lamento

 

Cansei de te esperar, amor

não posso mais ficar aqui

se eu choro por nós dois

Não tem depois

A gente nunca foi assim

tão só você longe de mim

em nome de nós dois

eu vou, eu vou

 

Eu vou e não me peça pra voltar por você

que nada mais me impeça de cantar, de viver

Talvez até te encontre num dia qualquer

Não vou ligar, não quero saber

Mas quando a solidão chegar

procuro onde você está

e imploro por nós dois, que eu amo por nós dois

E morro por nós dois, em vão, em vão

 

Cansei de te esperar, amor

não posso mais ficar aqui

se eu choro por nós dois

Não tem depois

A gente nunca foi assim

tão só você longe de mim

em nome de nós dois

eu vou, eu vou

 

Eu vou e não me peça pra voltar por você

que nada mais me impeça de cantar, de viver

Talvez até te encontre num dia qualquer

Não vou ligar, não quero saber

Mas quando a solidão chegar

procuro onde você está

e imploro por nós dois, que eu amo por nós dois

E morro por nós dois, em vão, em vão

 

Não sei mais quando foi que tudo desandou, e a gente se soltou, em dois 

 

***O texto acima é de inteira responsabilidade do autor e não reflete necessariamente a opinião do Portal S4.

Botão Voltar ao topo

Adblock Detectado

O Portal S4 exibe anúncios para manter nosso conteúdo gratuito, ajude-nos, desligando seu bloqueador de anúncios!