Famosos

Navio Cabaré, com shows de Leonardo e Bruno e Marrone, pode ter sido usado para abuso sexual e tráfico de pessoas

O Navio Cabaré partiu do porto de Santos e foi interceptado pela Polícia Federal em Angra dos Reis, na última segunda-feira (13)

Quatro jovens, entre 18 e 21 anos, foram resgatadas pela Polícia Federal, na última segunda-feira (13), do ‘Navio Cabaré’, em Angra dos Reis. A embarcação, que partiu do porto de Santos, um dia antes, reuniu centenas de pessoas para curtir os shows de Leonardo e Bruno e Marrone, mas passou a ser investigado por ser utilizado para prática de abuso sexual e tráfico de pessoas.

Segundo informações da PF, as vítimas são naturais dos estados de Santa Catarina e São Paulo, que teriam sido contratadas pela agência Promoação para trabalhar como modelos. No entanto, após embarque elas passaram a ser impedidas de se comunicar externamente e ficavam sob vigilância.

Uma das jovens conseguiu um telefone e falou com a família, que acionou a Polícia Federal, gerando a interceptação do navio. Elas foram evadas à Delegacia de Polícia Federal em Angra dos Reis, de onde foram encaminhadas ao IML para a realização de exames. Em depoimento, relataram que perceberam que os funcionários do local forneciam bebidas suspeitas de conter substâncias incomuns.

Apesar da denúncia, ninguém foi preso e o caso segue em fase de investigação para apontar possíveis envolvidos no esquema. Em nota, a Promoação, responsável por organizar o evento e fretar o navio, repudiou a denúncia e garantiu já ter apresentado sua versão às autoridades. A empresa destacou que os músicos não tem relação com o episódio. As assessorias dos sertanejos ainda não se manifestaram.

Veja abaixo a nota da Promoação:

“A produtora responsável pelo evento vem ao público informar que a denúncia que trata a matéria jornalística é infundada e desprovida de qualquer prova. Nesse passo, a produtora refuta com veemência todas as acusações perpetradas, já esclarecidas perante a Autoridade Policial local, a qual, nessa premissa, entendeu que os fatos narrados não se sustentam, afastando inclusive a prisão de qualquer envolvido.

Cumpre à produtora reafirmar seu respeito e compromisso com seu público, passageiros e todos que participam e colaboram para o êxito e crescimento de tão relevante projeto. Todas as medidas cabíveis para trazer a verdade ao público serão tomadas e a produtora não medirá esforços para tanto.

Ressaltamos que diferente do que foi noticiado, não houve flagrante ou prisão de pessoas, apenas solicitaram depoimentos para esclarecimentos e que, os artistas embarcados nada tem a ver com o acontecido”.

Fonte: BNews

***O texto acima é de inteira responsabilidade do autor e não reflete necessariamente a opinião do Portal S4.

Izamara

Olá muito prazer! Sou Izamara, uma pessoa apaixonada por esse ramo chamado entretenimento. Minha trajetória é marcada por diversas atuações, como Redatora e Jornalista em diversos sites. Então se você quiser ficar por dentro de tudo que envolve a cultura pop e bastidores da fama, está no lugar certo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock Detectado

O Portal S4 exibe anúncios para manter nosso conteúdo gratuito, ajude-nos, desligando seu bloqueador de anúncios!