Mulher é condenada a 40 anos de prisão por matar filha de um ano em São José do Rio Preto, SP

Nesta quinta-feira, 04 de abril, ocorreu o Júri Popular de uma mulher que é acusada de ser a autora do crime que tirou a vida de uma criança de um ano, a criança era filha da mulher julgada nesta manhã em São José do Rio Preto, SP.

A mulher julgada atende pelo nome de Aline de Sousa que tem 21 anos e é acusada de torturar, abusar sexualmente e matar a filha de um ano e quatro meses, ela foi condenada por homicídio triplamente qualificado e terá que enfrentar 40 anos de prisão.

O júri popular teve duração de mais de cinco horas e foi realizado no final da manhã e inicio da tarde desta quinta, 04, a condenação por crime triplamente qualificado se deu devido ao fato da mulher matar a filha por motivo torpe, fútil, sem chances da criança se defender e ainda com requintes de crueldade.

O crime ocorreu em março do ano de 2017, na época a mulher procurou uma unidade de saúde no bairro onde vivia e disse que a filha que atendia pelo nome de Emanuella Maria de Sousa tinha caído, logo que os médicos atenderam a criança eles constataram que aquilo que Aline dizia não era verdade e a criança apresentava sinais de agressão e assim acionaram a Polícia imediatamente.

Após isso ocorrer e a morte da criança ser confirmada o corpo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML), onde um laudo comprovou que a criança tinha tido sérias lesões no fígado e também apresentava indícios de ter sofrido violência sexual. A criança teve hemorragia interna e politraumatismo.

Após a condenação Aline de Sousa foi encaminhada para a penitenciaria de Tremembé, SP, local aonde já estava presa desde quando a morte da filha ocorreu.

A defesa de Aline disse que irá recorrer da decisão do júri popular.

0 Comentários

Deixe uma resposta

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password

%d blogueiros gostam disto: