Menina de 10 anos é morta a facadas em Ribeirão Preto, SP

Menina de 10 anos é morta a facadas

Ex-Padrasto é o autor do crime que tirou a vida de menina de 10 anos em Ribeirão Preto, SP.

Na manhã da última segunda-feira, 13 de maio, uma mulher acabou tendo uma surpresa dolorosa ao retornar do trabalho e chegar em sua casa, assim que chegou ao local após mais uma jornada de trabalho ela acabou se deparando com o corpo da filha que tinha apenas 10 anos no chão do local com sinais de ter sido atingido por golpes de faca.

A mulher em desespero foi então em busca da filha mais nova a qual a informou que o pai teria estado na casa durante a noite e assim ele passou a ser o principal suspeito do crime contra a menina que atendia pelo nome de Ayshila Vitória, a mãe da criança após a afirmação da filha mais nova acionou a Polícia que acabou chegando ao suspeito duas horas após o crime ter sido descoberto.

O homem que atende pelo nome de Reginaldo Gomes Gertrudes foi preso em um trecho próximo da Avenida Independência, na zona sul da cidade, Reginaldo estava ferido no momento que foi localizado por uma equipe da Polícia Militar (PM) e há a suspeita de que ele tenha tentado se suicidar.

Reginaldo já era procurado pela Polícia por tentativa de homicídio, no momento que foi questionado sobre seu envolvimento na morte de Ayshila ele acabou confirmando ser o autor do crime e disse que entrou na casa aonde a ex-companheira vive ao lado das filhas durante a noite e entrou ao local devido ao fato do cadeado de acesso a casa estar aberto.

Ele afirmou ainda que logo que entrou no local acabou entrando em uma luta corporal com a menina que acabou sendo morta, mas não deu detalhes dos motivos que o fizeram ter tal atitude.

Sem detalhes do motivo da luta corporal com a menina, o homem disse que em meio a mesma acabou pegando uma faca e atingindo a criança.

Reginaldo após constatar que a menina havia morrido teria tentado se desfazer do corpo da mesma e assim teria retirado suas roupas e a enrolado em um tapete, porém teria desistido da ideia de leva-la para outro local ao notar a aproximação de pessoas a residência.

Existe a suspeita que além da facada que Reginaldo deu na menina ele ainda tenha abusado sexualmente da garota, esta suspeita surgiu devido ao fato de material semelhante a sémen ter sido localizado perto de onde o corpo foi encontrado pela mãe da criança.

O suspeito nega ter cometido o estupro contra a criança, ele acabou sendo internado na Santa Casa de Ribeirão Preto, SP, devido aos ferimentos que apresentava no momento que foi abordado pela PM, ele está no local sob escolta da Polícia.

Segundo o hospital, ele deverá passar por cirurgia ortopédica devido às fraturas e não há previsão de alta. O estado de saúde dele é estável.

A Polícia Militar disse que as meninas estavam sozinhas na casa. Renata negou que tivesse o hábito de deixá-las desacompanhadas.

“Eu estou com um problema de coluna, estou indo trabalhar doente, era eu para dar tudo para elas. O sorriso meigo, a educação que ela tinha, ela me chamava de mamãe. É a palavra que vai ficar para sempre ao som da voz meiga dela: mamãe”, afirma a cuidadora.

O Conselho Tutelar não tem registros de que as crianças pudessem estar em situação de risco, o corpo da menina foi sepultado na tarde desta terça-feira no cemitério Bom Pastor.

0 Comentários

Deixe uma resposta

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password

%d blogueiros gostam disto: