Esportes

Lutador brasileiro de UFC diz ter recebido ameaças de morte por carregar bandeira de Israel

No último sábado (14), Michel Pereira, de 30 anos, fez homenagem depois de nocautear o norte-americano André Petroski

O lutador brasileiro de Ultimate Fighting Championship (UFC), Michel Pereira, de 30 anos, foi ameaçado de morte após entrar no octógono com uma bandeira de Israel. O paraense nocauteou o norte-americano André Petroski pelo peso médio no último sábado (14).

Segundo Michel, a ação foi uma homenagem às vítimas dos ataques do grupo terrorista Hamas contra Israel. A declaração foi feita ao The MMA Hour.

“Eu não vi muito, mas a minha esposa viu. Mandaram muita mensagem para ela dizendo que iam matar a gente, essas coisas ruins. Mas eu não ligo. E já aviso: se vier aqui em casa, estão lascados”, declarou.

***O texto acima é de inteira responsabilidade do autor e não reflete necessariamente a opinião do Portal S4.

Deixe um comentário

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo