Lívia SantanaEsportes

Luisa Stefani estreia com vitória e vai às quartas de final no WTA 500 de Berlim, na Alemanha

Paulistana e a holandesa Demi Schuurs buscam vaga na semifinal contra dupla alemã

Luisa Stefani, número 13 do mundo, estreou com vitória, nesta terça-feira (18), no WTA 500 de Berlim, na Alemanha, torneio sobre o piso de grama com premiação de US$ 922 mil (perto de R$ 4,9 milhões). A paulistana e a holandesa Demi Schuurs derrotaram a dupla da norte-americana Desirae Krawczyk e da tcheca Marketa Vondrousova, campeã de simples de Wimbledon, por 6/3 e 6/4, e encaram a parceria alemã formada por Jule Niemeier e Noma Akugue nesta quarta-feira (19), por volta das 11h30 (horário de Brasília), no último jogo da quadra 1.

“Ótima vitória, bom primeiro jogo na grama, primeira rodada dura contra jogadoras experientes, duas campeãs de Wimbledon, uma na simples e outra na mista. Levar a confiança desse primeiro jogo e continuar construindo para os próximos”, disse Luisa, que é patrocinada pelo Banco BRB, BRB Seguros, Fila, Parmalat Whey Fit e que conta com os apoios da Engie CBT, Green People, Liga Tênis 10, Bolsa Atleta, Head e JFL Living.

Fazendo história no tênis – A paulistana Luisa Stefani, 26 anos, conquistou ao lado da parceira Laura Pigossi, a inédita medalha de bronze nas Duplas Femininas nos Jogos Olímpicos de Tóquio em 2021. Outra grande conquista foi o título de Duplas Mistas no Australian Open, em 2023, a primeira dupla de brasileiros a vencer um Grand Slam, ao lado de Rafael Matos.

Durante a semifinal do Us Open 2021, Luisa sofreu uma grave lesão no joelho, passou por cirurgia e se afastou do circuito profissional. No retorno, após um ano de recuperação, conquistou vários títulos: WTA 500 de Berlim (Caroline Garcia, 2023), WTA 500 de Abu Dhabi (Shuai Zhang, 2023); WTA 500 de Adelaide, na Austrália (Taylor Towsend, 2023); WTA 125 de Montevidéu, no Uruguai (Ingrid Martins, 2022); WTA 1000 de Guadalajara, no México (Storm Hunter, 2022); WTA 250 de Chennai, na Índia (Gabriela Dabrowsky, 2022). Iniciou a atual temporada em grande estilo, conquistando o WTA 1000 de Doha, no segundo torneio jogando ao lado da holandesa Demi Schuurs.

Início da carreira – Luisa sempre foi uma amante dos esportes e começou a jogar tênis aos 10 anos, em São Paulo (SP). Em 2011, se mudou para os Estados Unidos para estudar e seguir no tênis, atingindo o 10º lugar no ranking mundial juvenil. A transição do juvenil ao profissional sedeu por meio do forte Circuito Universitário Americano de Tênis, jogando pela Pepperdine University, na Califórnia. Em 2019 sua carreira profissional se destacou nas duplas e começou a colher resultados, conquistando o primeiro título no WTA de Tashkent, entre outros ITF e WTA. Daí para frente, comemorou vitórias e títulos, subindo no ranking mundial, chegando a ocupar a nona colocação – conquistando sua posição entre as dez melhores do ranking WTA.


Mais informações:
Instagram: https://www.instagram.com/luisastefani/
Fanpage: https://www.facebook.com/LuisaStefani.Tennis

***O texto acima é de inteira responsabilidade do autor e não reflete necessariamente a opinião do Portal S4.

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo