Saúde

Longevidade: Especialista é precursora no uso de testes genéticos para aumentar anos de vida

O ser humano, desde os primórdios, buscou estratégias para viver mais tempo de forma saudável. Mas com o tempo, novas tecnologias foram surgindo e o conhecimento médico se aprimorou, tornando a busca por uma longevidade saudável mais próxima.

Com isso, apesar da grande evolução de estratégias de rejuvenescimento, um fator ainda precisava ser ampliado, o direcionamento das técnicas, algo que, com o desenvolvimento de testes genéticos, tornou-se mais preciso.

Entender os genes para viver mais

De acordo com a cirurgiã plástica especialista em rejuvenescimento, Dra. Elodia Avila, precursora do uso de testes genéticos para atendimentos voltadas à longevidade, formular uma estratégia de tratamento é o pilar de bons resultados.

Antes de iniciar de fato uma abordagem é preciso entender esse paciente, isso permite direcionar o tratamento, por exemplo, para torná-lo mais preventivo, ou para torná-lo mais focado no ‘elo mais fraco’ da longevidade do paciente”.

Para realizar esse direcionamento são usadas diversas estratégias, como uma anamnese, exames, análise das características físicas do paciente e, caso ele permita, testes genéticos. Eles permitem compreender predisposições do paciente à longevidade ou não e pensar formas de, ou estimular essa predisposição, ou buscar amenizar ao máximo a falta dela”, destaca Dra. Elodia Avila.

Como técnicas preventivas ajudam a aumentar a longevidade?

A prevenção é um dos principais cuidados na busca pela longevidade, algo que pode ser feito apenas com mudanças de hábitos, como também por aconselhamento médico, ressalta Dra. Elodia Avila.

Ter cuidados preventivos é  essencial na busca pela longevidade. Existem hábitos saudáveis mais gerais, como uma dieta equilibrada, exercícios regulares e controle do estresse, mas eles também podem ser mais específicos, quando são fruto de exames e direcionamento de especialistas”.

Investir na prevenção, ainda mais quando se sabe com bases genéticas que não há uma grande predisposição à longevidade, é essencial para uma vida mais longa e saudável, possibilitando aproveitar mais plenamente os anos vividos”, afirma Dra. Elodia Avila.

***O texto acima é de inteira responsabilidade do autor e não reflete necessariamente a opinião do Portal S4.

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo

Adblock Detectado

O Portal S4 exibe anúncios para manter nosso conteúdo gratuito, ajude-nos, desligando seu bloqueador de anúncios!