Televisão
Tendência

Instituto robótica

3ª edição da Robotic Surgery Experience: Cirurgia Robótica e Novas Tecnologias será em novembro no Hotel Deville Prime

O Instituto Baiano de Cirurgia Robótica se transformou oficialmente no Instituto Brasileiro de Cirurgia Robótica em um evento para convidados realizado na última quinta-feira (22) no Sette Restaurante, em Salvador. Não houve alteração na sigla IBCR, já reconhecida no estado. Na ocasião, a data da 3ª edição da Robotic Surgery Experience foi anunciada: 22 e 23 de novembro de 2024, no Hotel Deville Prime.

Após promover duas edições do Robotic Surgery Experience, evento de nível internacional com participação de experientes cirurgiões do Brasil e de países como Estados Unidos e Itália, o grupo de médicos que integra o Instituto percebeu que a difusão da cirurgia robótica promovida pelo IBCR não se limitou ao Norte-Nordeste, conforme planejamento inicial. “Para a 3ª edição do evento, são esperados 700 participantes e pelo menos 40 convidados nacionais e internacionais”, destacou o diretor do Núcleo de Coloproctologia do IBCR e Coordenador do evento, Ramon Mendes.

Além de participar dos eventos na Bahia, especialistas de vários estados brasileiros, como São Paulo, Rio de Janeiro, Paraná, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Sergipe, têm sido treinados por médicos do IBCR, a fim de se tornarem aptos a operar com o auxílio da plataforma robótica em suas cidades de origem. Os estudos apresentados pelo Instituto em grandes eventos científicos internacionais também contribuíram para a transição.

Segundo o coordenador e fundador do IBCR, urologista Nilo Jorge Leão, outra explicação para a mudança de categoria para nacional é a luta do Instituto para aumentar a acessibilidade de pacientes de todo o país às cirurgias robóticas. “Nosso desejo é que os planos de saúde do Brasil e o próprio Sistema Único de Saúde (SUS) tenham as condições necessárias para cobrir este tratamento minimamente invasivo, sobretudo devido aos benefícios agregados ao uso da tecnologia, tais como recuperação e alta hospitalar mais rápidas, menos riscos e mais segurança para os pacientes”, destacou o especialista.

A cirurgia robótica tem ocupado um espaço de grande destaque e relevância em todo o mundo. No Brasil, a tecnologia tem sido uma realidade cada vez mais próxima e viável. Na Bahia, essa modalidade de cirurgia minimamente invasiva também tem se destacado, principalmente pelo trabalho desenvolvido pelos cirurgiões do IBCR, que atuam nos principais hospitais da capital baiana, com pioneirismo em diversas especialidades. O grupo já ultrapassou a marca de duas mil cirurgias robóticas no estado.

***O texto acima é de inteira responsabilidade do autor e não reflete necessariamente a opinião do Portal S4.

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo

Adblock Detectado

O Portal S4 exibe anúncios para manter nosso conteúdo gratuito, ajude-nos, desligando seu bloqueador de anúncios!