Gabi Lubies fala sobre os excessos cometidos para alcançar o corpo perfeito

corpo perfeito

Dieta x Saúde: Diva Fitness revela que já cometeu excessos para alcançar o corpo perfeito

Ter um corpo atlético com baixo percentual de gordura é sinônimo de saúde, mas também um ideal de beleza e estética perseguido por muitos que buscam elevar a sua auto estima e se sentirem mais confiantes e belos. No entanto, dietas insustentáveis para alcançar o tal padrão podem significar o exato oposto disso e levar a compulsões e até mesmo doenças.

A Diva Fitness Gabi Lubies revela que em um determinado momento precisava estar pronta para um campeonato e adotou uma dieta muito radical que lhe trouxe diversos efeitos colaterais: “a dieta foi louca, pra não dizer doentia. Como a competição estava próxima, adotei uma dieta muito radical. Foram 25 dias comendo seis refeições de arroz e clara. E durante cinco dias nesse período comi seis refeições só de clara, cortando toda e qualquer fonte de carboidrato. Além do cansaço físico, porque não tinha muita energia pra nada, ainda tive consequências de mudança de humor, a cabeça dá uma surtada. Foi muito difícil mas era uma medida extrema, dada a necessidade que eu tinha, coisa que só um atleta bem preparado e acostumado consegue seguir, por isso fiz o que tinha que fazer até o fim. Não é uma dieta sustentável nem saudável e tão pouco para uma pessoa que não seja preparada para isso”.

Gabi também revela que esse tipo de dieta não é indicada pois pode favorecer compulsões alimentares: “Embora traga resultados, esse tipo de dieta exige acompanhamento médico e muito preparo e só foi adotada por mim na ocasião porque eu precisava e por conta do meu preparo e controle na questão alimentar. O problema é que, quando se volta à rotina normal, tem que segurar muito a onda pra não entrar em compulsão alimentar, porque a restrição que se passa é muito muito grande e em geral as pessoas tendem a comer muito além do que devem, isso quando não desenvolvem algum tipo de rejeição a certos alimentos. Felizmente, por conta da minha rotina e preparo psicológico, isso não ocorreu comigo, mas agora acredito muito que isso é sim possível de acontecer”.

Como alternativa a dietas radicais, Gabi Lubies recomenda uma dieta equilibrada e com foco em resultados a médio prazo, até porque no dia a dia, não há exigência de se ter o físico de um atleta para se ser saudável: “na competição de novembro usei outra estratégia alimentar que me deixou muito mais tranquila. Foram mais meses de sacrifício, por um período mais longo, porém de forma não tão restritiva como dessa ultima e fiquei pronta pro palco com mais antecedência. Além disso pós competição não tive nenhuma vontade de sair da minha rotina, porque tudo o que fiz já estava dentro do meu padrão alimentar habitual. Deixando claro que ainda essa dieta feita anteriormente, só foi feita por eu ser atleta e ter acompanhamento profissional.”

Este Conteúdo é de Responsabilidade do MF Press Global!

0 Comentários

Deixe uma resposta

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password

%d blogueiros gostam disto: