Entrevistando Livros 55: Livro – Série VEKI – Eduardo R. Costa

Entrevistando Livros

Depois de várias semanas distantes de nossa coluna de entrevistas com personagens saídos direto de livros de autores nacionais convidados por nosso site, retornarmos com a 55ª edição da coluna “Entrevistando Livros” por aqui como já deve ser de seu conhecimento a entrevista é feita com um personagem que tem como missão nos convencer que o livro de onde é parte é bom o suficiente para que o leiamos. Nesta semana iremos receber o Ricardo que veio direto da série de livros “VEKI” do autor Eduardo R. Costa para responder nossas perguntas, será o Ricardo convincente o bastante para que fiquemos interessados pelos livros de onde ele veio? Descubra abaixo: 1. Qual seu nome?: Como prefere ser chamado (a)? Nome? Talvez… Nomes? Bem, já tive vários. Tantos que nem lembro bem. De alguns eu não gosto muito. Não pelo nome em si, mas por tudo que me recorda. Sabe, nem sempre fui assim, como sou hoje. Ou talvez seria melhor dizer…. Como eu estou. Já que ainda tenho muito a acrescentar em minha história.Por enquanto, pode me chamar de Ricardo. Esse é o nome que adquiri nesta atual existência. 2. Qual sua idade? Bem, acredito que esta também não seja uma pergunta tão simples de responder, porque irá depender do ponto de vista.Ainda mais se partirmos do pressuposto  que sou imortal. Sim, você entendeu bem. Eu sou imortal. Assim como você, e todos os seres. Então, posso dizer que tenho centenas de milhares de anos? talvez?Mas, para simplificar digo que tenho 14 anos. Mais uma vez me referindo à esta existência. 3. Como você descreveria o lugar onde vive? Moro em uma grande cidade brasileira. A maior de todas.Mas, vivo em diversos lugares. Incluindo dimensões. Hora estou cá, hora lá. Viajando sempre nesse multiverso de possibilidades. A magia, que aprendo a cada dia mais, me permite isso.Mas, assim como a imortalidade, isso também não é um privilégio apenas meu. Ou você não percebe que também viaja? Talvez em sonhos? Será que são apenas sonhos?Ou quando se aprofunda em seus próprios pensamentos? Já percebeu que o tempo parece passar de uma forma diferente?É o que eu digo. Vivemos em uma constante viagem intermultidimensional. Se é que existe essa palavra. Porém, poucos se apercebem disso 4. Se tivesse que se definir numa palavra, qual seria? Apenas uma palavra para descrever uma complexidade sem tamanho que eu sou?Já fui tantos. E mesmo hoje, a cada segundo, já sou outro! Aprendendo, errando, acertando…É quase como querer beber a mesma água de um riacho. Impossível fazê-lo. Um mesmo córrego com novas águas, sempre. Mas, se tenho mesmo que me definir, acho que a melhor palavra seria…. APRENDIZ. 5. Agora diga como sua resposta anterior reflete em sua vida como um todo? Sou um eterno aprendiz nessa maravilhosa e insana jornada que é a vida. Ou vidas!Aprendo, com ajuda de outros mestres, a magia desse universo e de outros. Percebo que ela cresce em mim mais e mais a cada dia. Parece que faz parte do meu espírito. E quem sabe não faça mesmo?Mas, ainda existe tanto a aprender! E os aprendizados nunca cessarão. Sempre existirá algo novo.Como escrevi em uma carta uma vez: “Um amor me ensinou que há magia em mim. Agora eu sei, eu sinto, eu vivo”. Sem dúvida, sou um eterno aprendiz. 6. Possui algum talento/dom especifico? Fale um pouco sobre ele. Muitos.Alguns ainda adormecidos!Outros pulsando em meu ser. Mas, o que considero maior entre todos… É o de enfrentar os desafios que me são impostos.A coragem não é a ausência do medo, mas o dom de dominá-lo e seguir em frente.Outros dons irei adquirir ao longo de minha jornada. E o caminho ainda é longo e repleto de desafios.  7. O que costuma fazer em seu tempo livre? Antes ou depois do meu “despertar”?Faço essa pergunta porque, antes de abrir minha consciência para a magia, eu vivia, como a maioria dos habitantes deste orbe, na escravidão de pensamentos dominados pelo medo, ou pela inércia. Agora, que conheço parte do Todo ao qual pertenço, e da Fraternidade que faço parte, uso meu tempo para alcançar patamares maiores em minha evolução na magia. E tentar redimir, mesmo que um pouco, os males que já causei em outras épocas. /wp:paragraph wp:paragraph

8. Qual seu tipo favorito de roupas? E seu estilo musical?

/wp:paragraph wp:paragraph

Voltamos à questão da relatividade do tempo.Já me vesti de tantas formas, com tantas roupagens diferentes! Incluindo roupas carnais!Fui homem, mulher, guerreiro, feiticeiro, andarilho… Tantos!Tantos em um só!Neste momento prefiro roupas sóbrias. Não chamativas. Afinal, não é o externo o que mais importa.E quanto à música? Ouço de tudo um pouco. Sem preconceitos. Porém, prefiro a doce e contagiante música do universo pulsando em sóis e vida, explodindo em constelações de cores e luz. Essa é para mim a verdadeira essência da música. A música da própria alma.

/wp:paragraph wp:paragraph

9. O que te torna diferente do resto das pessoas do seu mundo? E por que?

/wp:paragraph wp:paragraph

Não me considero diferente. Talvez, mais consciente de tudo que nos circunda. Energias, mundos, dimensões. Magia!Devo tanto aos habitantes deste planeta.Não sou igual, nem diferente.Sou único. Assim como cada um também o é!

/wp:paragraph wp:paragraph

10. Se tivesse que falar sobre o autor “Eduardo R Costa”, o que falaria?

/wp:paragraph wp:paragraph

Falar dele seria talvez falar de mim mesmo.Existe uma parte de mim que pertence a ele. Assim como uma parte dele que me pertence.Em muitos momentos nos tornamos um só ser.Mas, assim como eu. Ele é único.

/wp:paragraph wp:paragraph

11. Se pudesse mudar algo em sua vida, o que faria diferente?

/wp:paragraph wp:paragraph

Buscaria o “despertar” mais cedo.Isso teria me dado mais tempo. Agora tudo está acontecendo rápido demais. Não sei se conseguirei. Eles são muito poderosos.Mas, não estou sozinho.E como diz meu mentor … Tudo vem em seu tempo.

/wp:paragraph wp:paragraph

12. Resuma sua vida em poucas palavras.

/wp:paragraph wp:paragraph

Uma grande jornada em busca da magia do universo.

/wp:paragraph wp:paragraph

13. Deixe uma mensagem para seus amigos

/wp:paragraph wp:paragraph

Fiquem firmes. Sei que é difícil, mas evitem o medo. Eles se alimentam e se fortalecem disso. Eu sei, um dia já fui assim. Já me alimentei dessa energia, e sei como funciona.Não estamos sós. Tudo acontecerá para um propósito maior do que imaginamos.Abram suas mentes. Despertem. Eu lutarei até o fim como prometido!As trevas não poderão vencer à luz!
14. E agora para seus inimigos

/wp:paragraph wp:paragraph

Estou retornando!Me sinto mais forte a cada dia!Não deixarei que o mal novamente prevaleça nesse orbe.Jurei para a Fraternidade dos Magos Brancos, que daria minha própria vida se fosse preciso para trazer novamente a paz e a consciência de quem somos, aos habitantes deste planeta.Preparem-se. A guerra apenas começou!

/wp:paragraph wp:paragraph

Análise:

/wp:paragraph wp:paragraph

Ricardo parece ser alguém que apesar de ser extremamente sábio se mantém humilde, sempre tentando se manter o mais parecido possível com os demais que vivem a sua volta.

/wp:paragraph wp:paragraph

Ele citou por diversas vezes a palavra ‘magia’ e ainda ‘despertar’ qual será o tipo de magia que ele prática e ainda despertar para o quê?

/wp:paragraph wp:paragraph

Isso nos deixou bem curiosos ainda mais depois que ele citou uma fraternidade chamada “Fraternidade dos Magos Brancos” quem seriam estes magos e o que ou contra quem eles lutam?

/wp:paragraph wp:paragraph

Diante de tudo que acabamos de citar acima, convidados o autor Eduardo R. Costa a nos enviar os livros da série “VEKI” para que os leiamos e assim possamos emitir uma opinião mais detalhada sobre o Ricardo e sobre todos que são parte de seu mundo.

/wp:paragraph wp:paragraph

Enquanto nosso convite não é atendido, compre agora mesmo os livros da série “VEKI” clicando nas capas abaixo:

/wp:paragraph wp:image {“id”:102995,”align”:”center”,”linkDestination”:”custom”}

/wp:image wp:image {“id”:102996,”align”:”center”,”width”:297,”height”:438,”linkDestination”:”custom”}

>E você que é autor, gostou da maneira que as entrevistas são conduzidas por aqui? Então responda agora mesmo as perguntas abaixo, incorporando um de seus personagens e envie as mesmas para o e-mail: portals4tv@gmail.com. Com o assunto: “Entrevista com o personagem tal, do livro Y, do autor X.” Feito isso basta aguardar nosso retorno, com a data que a entrevista será publicada por aqui! Aguardamos sua participação, ou melhor a de seu personagem!!! Perguntas:

Qual seu nome?:

Como prefere ser chamado (a)?

Qual sua idade?

Como você descreveria o lugar onde vive?

Se tivesse que se definir numa palavra, qual seria?

Agora diga como sua resposta anterior reflete em sua vida como um todo?

Possui algum talento/dom especifico? Fale um pouco sobre ele.

O que costuma fazer em seu tempo livre?

Qual seu tipo favorito de roupas?

E seu estilo musical?

O que te torna diferente do resto das pessoas do seu mundo? E por que?

Se tivesse que falar sobre o autor “fulano de tal”, o que falaria?

Se pudesse mudar algo em sua vida, o que faria diferente?

Resuma sua vida em poucas palavras.

Deixe uma mensagem para seus amigos

E agora para seus inimigos

0 Comentários

Deixe uma resposta

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password

%d blogueiros gostam disto: