Entrevistando Livros 48: Livro – De dia Maria, de noite Joana! – Fernando Azevedo

Entrevistando Livros

Está no ar mais uma edição da coluna “Entrevistando Livros”, aqui quem é entrevistado não é uma pessoa que seja parte de nosso mundo! Isso porque por aqui, quem responde nossas perguntas são personagens que saíram direto de um livro produzido por um autor convidado para responderem aos nossos questionamentos. Ao fim da entrevista realizamos uma breve análise da personalidade do personagem convidado da semana e ainda dizemos se ele foi ou não convincente o bastante para que ficássemos interessados pelo livro do qual ele é parte. Nesta semana, iremos receber mais uma personagem saída de um dos livros do autor Fernando Azevedo, que é colaborador aqui no Portal S4. Desta vez, a convidada da semana atende pelo nome de Maria e veio direto do livreto “De dia Maria, de noite Joana!” para responder as nossas perguntas. Confira a entrevista abaixo: Perguntas: 1. Qual seu nome?: Como prefere ser chamado (a)? Maria. Pode me chamar de Maria, ou ainda de Joana já que tenho esse nome nas noites! 2. Qual sua idade? 27 anos. 3. Como você descreveria o lugar onde vive? Moro em São Paulo, a cidade é um lugar difícil de se viver, ainda mais para alguém como eu, mãe de duas crianças pequenas que não tem uma pessoa sequer para contar! 4. Se tivesse que se definir numa palavra, qual seria? Guerreira. 5. Agora diga como sua resposta anterior reflete em sua vida como um todo? Eu disse que sou guerreira devido ao fato de ter uma vida dupla, não me orgulho dela. Mas ela foi a maneira que encontrei para que possa levar o sustento para meus pequenos. Com isso, por mais destruída que possa ficar cada noite que vou à Casa das Mulheres vender meu corpo na pele de Joana, ainda sim tento lutar por dias melhores! Desta maneira, acho que guerreira me define muito bem! 6.Possui algum talento/dom especifico? Fale um pouco sobre ele. Ter uma outra personalidade pode ser considerado um talento? Se sim, então esse é o meu. Tenho uma outra personalidade desde que me vi obrigada a virar uma mulher da vida para levar o sustento de meus filhos pequenos. Nas noites eu me torno a Joana, uma mulher extravagante e decidida, bem diferente de como sou em meu dia-a-dia! 7. O que costuma fazer em seu tempo livre? Geralmente passo meu tempo livre cuidando de meus filhos, e fingindo ter uma vida da qual faço o mundo acreditar que seja a verdade! 8. Qual seu tipo favorito de roupas? Gosto de roupas que sejam acima de tudo discretas, não gosto de nada extravagante. Parece contraditório dizer isso, afinal de contas ganho a vida vendendo meu corpo, mas como disse antes, na noite sou a Joana e ela é muito diferente de mim, pode acreditar! 9. E seu estilo musical? Faz anos que não ouço música como um passa tempo, até ouço música todas as noites na Casa das Mulheres. Mas música que me agrade mesmo, faz tempo! Quando ouvia músicas para me entreter eu gostava muito de forró, até porque sou nordestina e assim esse gênero musical é parte da cultura de meu povo. 10. O que te torna diferente do resto das pessoas do seu mundo? E por que? O que me torna diferente das pessoas do meu mundo é o fato de eu ser uma mulher da vida. E ainda o fato de ter uma outra personalidade nas noites. Acredito que se não fosse esse último fato, eu já teria enlouquecido ao longo destes anos que se passaram desde que entrei nesta vida! 11.Se tivesse que falar sobre o autor “Fernando Azevedo”, o que falaria? Não o conheço, até porque não tenho tempo para ler, fora isso ainda tem o fato de não ter muito conhecimento para tanto. Deixei à escola para trás ainda muito jovem, já que precisava ajudar minha família na lida com o campo. 12.Se pudesse mudar algo em sua vida, o que faria diferente? Não teria caído na lábia do Mauro, ele parecia ser o homem de meus sonhos, mas se tornou o motivo principal de toda a dor que carrego ao longo destes anos que tenho levado essa vida dupla que já citei exaustivamente por aqui! 13. Resuma sua vida em poucas palavras. Posso resumir minha vida, dizendo que ela é carregada pela tristeza! Nunca tive uma vida totalmente feliz, o mais perto disso foi quando me casei com Mauro e tive meus filhos. Tudo parecia perfeito, até o momento em que ele se envolveu com drogas e me fez tomar uma medida drástica da qual me arrependo profundamente a cada novo dia, mas não posso reclamar. O importante é que meus filhos estejam felizes, eu não me importo em me sentir um lixo a cada novo dia que me torno a Joana! 14. Deixe uma mensagem para seus amigos Não tenho muitos amigos. Tem apenas duas pessoas que considero de fato isso, amigos! Uma delas é Marciel, um vizinho novo que tem feito um sentimento surgir em mim, mesmo que saiba que uma relação com ele é quase impossível! Além dele, tem Solange a moça que me ajuda a cuidar das crianças durante as noites que preciso me tornar a Joana para trazer nosso sustento para casa. Nem sei como seria minha vida sem a ajuda dela, ela é a única coisa boa que me aconteceu desde que entrei nesta vida! 15. E agora para seus inimigos Não tenho inimigos, ao menos penso que não! Com isso não tenho nada a declarar! Análise: Maria parece ser uma mulher sofrida. Sua vida parecer ser um grande dilema do qual ela luta diariamente. Ela citou ter uma outra personalidade da qual se auto denomina como: Joana. Achamos isso interessante! Maria ainda disse que se torna a Joana para lidar com o fato de ser uma mulher da vida nas noites num lugar chamado “Casa das Mulheres”. Ao que parece esse lugar é alguma espécie de “bordel”. Com tudo isso, concluiremos dizendo que ficamos curiosos para saber mais sobre a história de Maria que acima de tudo parece ser uma mulher disposta a tudo por seus filhos. Com isso convidamos o nosso colaborador Fernando Azevedo, para que envie o livro para nós, para que o leiamos e assim emitirmos uma opinião mais detalhada sobre a Maria e todo o mundo do qual ela é parte! Enquanto isso não acontece, compre agora mesmo o livreto “De dia Maria, de noite Joana!” no Amazon por apenas R$ 1,99!!!

Compre o livreto De dia Maria, de noite Joana!

E você que é autor, gostou da maneira que as entrevistas são conduzidas por aqui? Então responda agora mesmo as perguntas abaixo, incorporando um de seus personagens e envie as mesmas para o e-mail: portals4tv@gmail.com. Com o assunto: “Entrevista com o personagem tal, do livro Y, do autor X.” Feito isso basta aguardar nosso retorno, com a data que a entrevista será publicada por aqui! Aguardamos sua participação, ou melhor a de seu personagem!!! Perguntas:
  1. Qual seu nome?: Como prefere ser chamado (a)?
  2. Qual sua idade?
  3. Como você descreveria o lugar onde vive?
  4. Se tivesse que se definir numa palavra, qual seria?
  5. Agora diga como sua resposta anterior reflete em sua vida como um todo?
  6. Possui algum talento/dom especifico? Fale um pouco sobre ele.
  7. O que costuma fazer em seu tempo livre?
  8. Qual seu tipo favorito de roupas?
  9. E seu estilo musical?
  10. O que te torna diferente do resto das pessoas do seu mundo? E por que?
  11. Se tivesse que falar sobre o autor “fulano de tal”, o que falaria?
  12. Se pudesse mudar algo em sua vida, o que faria diferente?
  13. Resuma sua vida em poucas palavras.
  14. Deixe uma mensagem para seus amigos
  15. E agora para seus inimigos
]]>

0 Comentários

Deixe uma resposta

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password

%d blogueiros gostam disto: