Entrevistando Livros 47: Livro – Não Era Eu – Fernando Azevedo

Entrevistando Livros

Está no ar mais uma edição da coluna “Entrevistando Livros”, aqui quem responde as nossas perguntas são personagens que saem direto do livro do qual são parte para encararem nossos questionamentos. Ao fim da entrevista realizamos uma breve análise da personalidade dos mesmos, e ainda falamos se eles nos deixaram curiosos para conhecer o livro do qual são parte! Nesta semana iremos receber dois personagens, eles saíram direto do livro “Não Era Eu” do autor Fernando Azevedo para responderem nossas perguntas. Confira a entrevista abaixo: Perguntas: 1. Qual seu nome?: Como prefere ser chamado (a)? Cláudia Ferreira, alguns me chamam de Cacau, mas evite não curto muito este apelido! William Vieira, para os mais íntimos Will! 2. Qual sua idade? Tenho 20 anos, faço aniversário em Outubro. Mas acho que isso não vem ao caso! 22, até o dia de amanhã! 3. Como você descreveria o lugar onde vive? Sei lá, depende muito de qual parte de minha vida você queira saber! Até pouco tempo eu estava vivendo em São Paulo, onde passei a viver desde que fui mandada para um colégio de Freiras. Passei alguns dias na casa de meus pais em Monções. E agora estou aqui no Rio de Janeiro. Então, não sei bem como descrever o lugar onde vivo. Acho que o Rio dispense descrições, não? A cidade é maravilhosa e ponto! O Rio é uma cidade incrível, mas tem dias que tudo que eu queria era viver num vilarejo qualquer, longe de todo o estresse que essa cidade é! Você não tem noção de como o trânsito me deixa puto da vida! Sim, eu disse um palavrão, não gostou? Foda-se! 4. Se tivesse que se definir numa palavra, qual seria? Sedutora? Honesto! 5. Agora diga como sua resposta anterior reflete em sua vida como um todo? Bem, eu acho que a palavra que me define é sedutora, devido ao fato de em praticamente toda minha vida eu ter conseguido ter exatamente os caras que eu queria. Não sou o tipo de garota que fique esperando o príncipe encantado. Se eu quero um cara, eu vou até ele e me faço ser notável! Então acho, que sedutora seja a palavra que melhor me define! Honesto é a palavra que melhor me define, devido ao fato de eu ter tido muitas chances de trair a puta da Tamires, mas não o fiz! Ela bem que merecia, mas como eu tenho uma promessa a cumprir para minha adorada mãe, não o fiz! Eu xinguei de novo, não? Bem, eu disse que não queria responder essa entrevista, você teimou! Agora aguente às consequências! 6. Possui algum talento/dom especifico? Fale um pouco sobre ele. Posso repetir a palavra que citei antes? Acho que meu maior talento é ser sedutora. Como já disse  sou uma mulher de atitude, se desejo um homem eu vou até ele e o faço me querer! Ser bom com às mulheres pode ser considerado um talento? Se sim, esse é o meu! Sempre consigo a mulher que quero! Ao menos conseguia até pouco tempo, mas isso não vem ao caso! 7. O que costuma fazer em seu tempo livre? Eu adoro ler, ler me faz viajar para outros mundos. É incrível como a gente pode ir para lugares incríveis sem sair de onde esteja de fato, recomendo muito a leitura! Quando não estou com o Henrique, geralmente estou em busca de alguma outra gata para satisfazer meus desejos carnais! 8. Qual seu tipo favorito de roupas? Uma que me deixe confortável, não sou o tipo de mulher que fica se preocupando com os detalhes nas roupas. Na verdade eu gosto mesmo é de coisas simples, sabe aqueles jeans bem surrados? Então eles são meus favoritos! Eu busco ser prático para me vestir, geralmente uso alguma regata, uma bermuda estilo surfista e algum de meus tantos bonés, mas qual seu interesse nisso? 9. E seu estilo musical? Sou eclética quando o assunto é música, mas curto bastante às musicas da Cláudia Leitte. Kevinho, entre outros. Ouço um pouco de tudo, até mesmo Lady Gaga que é taxada como sendo música de gay, não vejo a música como um definidor de sexualidade de uma pessoa! Fora que aquela mulher tinha um corpo delicioso no começo da carreira, hoje em dia tá meio estragada, mas enfim! 10. O que te torna diferente do resto das pessoas do seu mundo? E por que? Talvez esse meu jeito atirado de ser? Muitas pessoas me consideram uma mulher vulgar, por ter atitude! Eu me acho uma mulher normal, como qualquer outra. Não é porque tomo atitude com os caras, que sou uma puta qualquer! Ser eu, afinal de contas nenhuma pessoa é igual a outra! Fora que não me acho diferente, aliais sou tão comum! 11. Se tivesse que falar sobre o autor “Fernando Azevedo”, o que falaria? Ah, eu li um livro dele. Se chama “O Antissocial”, cara, ele escreve muito bem! Me apaixonei pelo Alê, personagem principal do livro. E olha que não faço a linha romântica! Posso dizer que ele é um cara bacana, ele pensa que não é relevante ao mundo, mas é um cara que tem muito potencial, basta que acredite em si mesmo! Mas não considere isso, como uma declaração de amor viu, mano? Se você tivesse uma b., bem deixa pra lá! 12. Se pudesse mudar algo em sua vida, o que faria diferente? Talvez não ter me encantado por aquele professor idiota em minha adolescência. Ele era bem gostoso, mas não valeu a pena tudo que me custou! Não foi nada legal viver no meio de meninas puritanas! Acho que não teria trepado com Tamires, pensa numa mulher chata! Ela me tira do sério! Mas se não tivesse feito isso, eu não teria meu pequeno, então acho que valeu a pena! Henrique é o melhor erro da minha vida! 13. Resuma sua vida em poucas palavras. Sou uma garota que busca aquilo que quer, doa a quem doer! Não ligo muito para o que pensem de mim, bem, depende muito! Até porque um dos motivos para eu ter deixado a casa de meus pais de novo, foi motivado ao fato de não querer ouvir opinões negativas a meu respeito! É acho que fui meia contraditória em minhas palavras! Mas é basicamente isso, busco viver minha vida da maneira que acho que ela seja a ideal! Doa a quem doer! Minha vida sempre foi banhada a mulheres! Isso teve uma pausa no tempo que estive casado com a Tamires, pense num arrependimento! Mas enfim…Só que acho que ainda sim valeu a pena, como disse aquela trepada, na qual a camisinha estourou me deu a única pessoa que amo mais que tudo, claro, tem minha adorada irmãzinha Vanessa. Mas o que sinto por Henrique é maior do que tudo neste mundo! 14. Deixe uma mensagem para seus amigos! Acho que nesta parte, só tem uma pessoa da qual posso citar. Dani você sempre foi e sempre será minha melhor amiga, te amo! Você alias, é minha irmã que não tive! Te adoro! Meus amigos são incríveis, uns idiotas! Mas eu gosto muito de vocês e agora que estou na pista de novo. Irei fazer a ponte entre vocês e às gatas! 15. E agora para seus inimigos! Não acho que tenha inimigos, talvez algumas invejosas que não tenham a coragem que tenho. Mas inimigos não, até porque não faço mal a nenhuma pessoa sequer! Não tenho inimigos, e se tivesse também eu mandaria um grande foda-se para eles! Não dou a mínima para aqueles que desejam meu mal, se cada pessoa cuidasse mais de sua vida, nosso mundo seria bem melhor! Análise: Cláudia e William são donos de personalidades fortes! Cláudia parece ser o tipo de mulher que tem atitude para ter aquilo que deseja, mesmo que isso faça com que ela seja vista como uma pessoa “imoral” pela maioria das pessoas. William parece ser um cara que acima de tudo valoriza muito a sua família. Ele citou muito seu filho Henrique e ainda sua irmã Vanessa. Diante disso tudo, convidados o autor Fernando Azevedo a nos enviar o livro “Não Era Eu” para que o leiamos e assim emitirmos uma opinião mais detalhada sobre a Cláudia e o William.

Enquanto isso não acontece, compre o livro “Não Era Eu” no Amazon por apenas R$ 3,99!Compre o livro “Não Era Eu” !!!

E você que é autor, gostou da maneira que as entrevistas são conduzidas por aqui? Então responda agora mesmo as perguntas abaixo, incorporando um de seus personagens e envie as mesmas para o e-mail: portals4tv@gmail.com. Com o assunto: “Entrevista com o personagem tal, do livro Y, do autor X.” Feito isso basta aguardar nosso retorno, com a data que a entrevista será publicada por aqui! Aguardamos sua participação, ou melhor a de seu personagem!!! Perguntas:
  1. Qual seu nome?: Como prefere ser chamado (a)?
  2. Qual sua idade?
  3. Como você descreveria o lugar onde vive?
  4. Se tivesse que se definir numa palavra, qual seria?
  5. Agora diga como sua resposta anterior reflete em sua vida como um todo?
  6. Possui algum talento/dom especifico? Fale um pouco sobre ele.
  7. O que costuma fazer em seu tempo livre?
  8. Qual seu tipo favorito de roupas?
  9. E seu estilo musical?
  10. O que te torna diferente do resto das pessoas do seu mundo? E por que?
  11. Se tivesse que falar sobre o autor “fulano de tal”, o que falaria?
  12. Se pudesse mudar algo em sua vida, o que faria diferente?
  13. Resuma sua vida em poucas palavras.
  14. Deixe uma mensagem para seus amigos
  15. E agora para seus inimigos
]]>

0 Comentários

Deixe uma resposta

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password

%d blogueiros gostam disto: