Eduardo Bolsonaro é destituído da presidência do PSL em São Paulo


source
Eduardo Bolsonaro arrow-options
Daniel Marenco / Agência O Globo

Eduardo Bolsonaro já havia sido suspenso do partido por 12 meses.

Depois ter ser sido punido com uma suspensão partidária de 12 meses, o deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) foi destituído nesta semana do cargo de presidente do partido em São Paulo pela direção nacional da sigla. O registro do afastamento dele foi divulgado nesta quinta-feira no sistema do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Leia também: “A fome me preparou para a dor”, diz jovem que perdeu couro cabeludo em kart

Segundo o documento, Eduardo não responde pela função desde terça-feira, mesma data em que o diretório nacional do PSL confirmou, por unanimidade, suspensões e advertências a 18 parlamentares do partido aliados ao presidente Jair Bolsonaro. No caso de Eduardo, a suspensão será por um ano.

O deputado estava no comando do partido desde julho deste ano. Toda a direção do PSL paulista nomeada por ele também foi destituída: o secretário-geral Thiago Cortes, o primeiro-secretário Luiz Philippe de Orleans e Bragança e o tesoureiro Otavio Fakhoury, entre outros.

Leia também: Briga entre deputados na Alesp tem xingamentos, empurrões e até mordida; assista

A decisão é mais um desdobramento do rompimento político entre o presidente Jair Bolsonaro e o presidente nacional do PSL, Luciano Bivar. Em outubro, o senador Flávio Bolsonaro foi tirado da presidência do PSL do Rio de Janeiro. Hoje comanda a sigla no estado o deputado Sargento Gurgel.

No caso do PSL de São Paulo, não foi ainda declarado o novo presidente. O deputado Júnior Bozzella é um dos contados para ocupar a vaga.

Leia também: Falso padre prometeu cura espiritual para leucemia que vítima não tinha

Diretórios municipais do PSL em São Paulo receberam com alívio a destituição de Eduardo. Eles acusam o grupo ligado ao deputado de ter intensificado nas últimas semanas o afastamento de dirigentes municipais da sigla para promover uma “limpeza” em represália à crise nacional.

Até o momento, Eduardo não se manifestou sobre o afastamento.

0 Comentários

    Deixe uma resposta

    Login

    Bem vindo! Faça login na sua conta

    Lembre de mim Perdeu sua senha?

    Lost Password

    %d blogueiros gostam disto: