Saúde

É melhor fazer cirurgia no verão ou inverno? Especialista explica

David Gusmão esclarece a melhor época do ano para se recuperar dos procedimentos cirúrgicos

Muitos pacientes ao planejarem uma cirurgia se questionam sobre a decisão de realizar o procedimento no verão ou inverno. Essa indecisão não é apenas uma questão de preferência climática; ela reflete a preocupação sobre como a estação do ano pode impactar não apenas o processo cirúrgico em si, mas também no período de recuperação pós-cirúrgica.

De acordo com o ortopedista e especialista em quadril, Dr. David Gusmão, a atmosfera térmica, as condições climáticas e os desafios específicos de cada estação desempenham papéis distintos no desfecho geral do procedimento. “No verão, a recuperação pós cirúrgica pode ser mais complicada devido às altas temperaturas, que podem desencadear problemas como hipotensão e inchaço, causando maior desconforto”, explica o especialista.

Além disso, surge a questão desconfortável de enfrentar o calor enquanto é necessário utilizar cinturões, corset e faixas de recuperação. “O calor excessivo durante a fase de recuperação pode não apenas prejudicar o conforto do paciente, mas também impactar negativamente os resultados do procedimento. Se a pessoa sua muito, isso dificulta no processo de cicatrização, já que não é indicado deixar o local da cirurgia úmido por muito tempo pelo risco de infecções”, acrescenta o profissional.

Segundo Gusmão, é muito importante que o paciente repouse em um ambiente controlado e fresco para otimizar a recuperação nesses meses escaldantes. “Pode ser ainda mais difícil ficar em casa enquanto todos os seus amigos e familiares saem para curtir praias, cachoeiras e parques. Mas claro, estamos falando de cirurgias não urgentes, que podem ser manejadas e adiadas sem prejudicar a sua saúde”, ele alerta.

No entanto, David destaca que o inverno também acaba trazendo algumas dificuldades. “Vestir-se adequadamente após a cirurgia pode se tornar uma tarefa mais complicada devido ao frio intenso. Porém o uso de aquecedores pode ajudar nesse processo, existem inclusive opções portáteis de baixo custo que você pode transportar tranquilamente pelos cômodos da casa”, pondera o ortopedista.

Para Gusmão, apesar do inverno ser mais indicado para facilitar a recuperação, cada estação traz consigo desafios distintos, e a decisão deve ser feita considerando não apenas as preferências pessoais, mas também as características específicas do procedimento em questão. Questionar a opinião de profissionais de saúde torna-se necessário para garantir uma escolha informada e uma cirurgia bem-sucedida.

***O texto acima é de inteira responsabilidade do autor e não reflete necessariamente a opinião do Portal S4.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock Detectado

O Portal S4 exibe anúncios para manter nosso conteúdo gratuito, ajude-nos, desligando seu bloqueador de anúncios!