Eventos Culturais

DUO INÉDITO SE APRESENTA NA SÉRIE MÚSICA DE CÂMARA

Projeto com curadoria da Orquestra Ouro Preto é apresentado mensalmente no Memorial Vale

Os mineiros Pedro Gomes e Mariah Carneiro estreiam no Memorial Vale na quinta-feira, 23 de novembro, o  concerto “Inteiro a Dois”, que leva para o palco uma experiência íntima e emocionante de música popular brasileira em formato de duo. A atração integra a série “Música de Câmara”, projeto da Orquestra Ouro Preto que reúne grandes talentos da música mineira para apresentações intimistas, repletas de excelência e versatilidade. Com letras que falam sobre amor, convívio e cotidiano, Pedro Gomes e Mariah Carneiro apresentam um repertório que mescla obras autorais com releituras de nomes da MPB como Milton Nascimento e Rosa Passos, e obras de artistas mineiros, como Déa Trancoso e Sergio Santos. O concerto gratuito acontece às 19h e os ingressos podem ser retirados uma hora antes, no local do evento.

O Memorial Vale, um dos espaços culturais do Instituto Cultural Vale, fica na Praça da Liberdade, em Belo Horizonte, e tem entrada gratuita. Saiba mais em https://memorialvale.com.br/pt/ .

A curadoria da série “Música de Câmara” é assinada pelo maestro Rodrigo Toffolo e a programação ao longo do ano prevê a apresentação de uma série de duos, trios e quartetos formados por artistas que são referência em seus instrumentos e se destacam no universo da música sinfônica ou popular.

Ainda inédito, o duo Pedro Gomes e Mariah Carneiro traz uma proposta que explora arranjos em diferentes texturas musicais; misturando violão, baixo elétrico e viola caipira com a harmonia das vozes. Com a proximidade e a cumplicidade de um casal, “Inteiro a Dois” transmite uma sensação de aconchego, permitindo ao público mergulhar em um mundo de sentimentos e sensações.

Reconhecido como um dos músicos mais atuantes na nova safra de instrumentistas mineiros, Pedro Gomes celebra a boa fase com o Prêmio BDMG Instrumental. Aos 29 anos, formado em Música pela UFMG, natural de Belo Horizonte, tem participado de diversos projetos de jazz instrumental e música brasileira. Como instrumentista, já atuou com grandes nomes da música brasileira como Flávio Venturini, Orquestra Ouro Preto, Frejat, Toninho Horta, entre outros. Em 2022, lançou seu primeiro álbum solo, chamado “MAGMA”.

Em 2013, foi vencedor do concurso Jovem Instrumentista do BDMG. Em 2015, venceu o Novos Talentos do Jazz, com o grupo Jazzcorde-on. Em 2020, o Prêmio da Música Popular Mineira, com o violeiro Wilson Dias
(álbum NATIVO/2018). Em 2021, foi vencedor do XX Prêmio BDMG Instrumental, um dos maiores prêmios de composição do país. Em maio de 2022, gravou o programa Instrumental SESC Brasil, do SESC-SP, convidando o baixista Michael Pipoquinha. 


Formada em Canto Popular pela renomada Bituca: Universidade de Música Popular, em Barbacena (MG), Mariah Carneiro estudou com grandes mestres como lan Guest, Gilvan de Oliveira, Andrea Amendoeira, Babaya Morais, Felipe Moreira e Grupo Ponto de Partida. Mineira, há 14 anos Mariah começou sua trajetória pela arte dos sons. O primeiro trabalho como intérprete foi em uma banda formada por familiares, fazendo shows em sua cidade natal, Senador Firmino, Zona da Mata mineira.

Além de shows solo, Mariah foi vocalista nos projetos “Dalbérgia Nigra Grupo” (entre 2007 e 2011) e “Banda Weekend” (entre 2009 e 2015). É integrante da “Roda de Samba da Babaya”, criado por Babaya Morais em 2018. Participou do álbum “Vata” de Marcos Ruffato, como intérprete na faixa “Serra de Luz”. Em 2023, lançou seu primeiro álbum solo, intitulado “Ser”. Com arranjos e produção musical de Christiano Caldas, o disco conta com composições de nomes da MPB, bem como a elogiada releitura de “Alguma Voz”, de Dori Caymmi/P.C.Pinheiro, a canções inéditas do compositor mineiro Sérgio Santos.

O projeto “Música de Câmara” dá continuidade à parceria entre a formação mineira e o Memorial Vale, iniciada em 2019 com o projeto “Mulheres na Música”, que homenageava compositoras, instrumentistas e pesquisadoras de destaque na cena mineira, mas foi interrompido pela pandemia de Covid. A curadoria vai ao encontro da vocação do espaço localizado na praça da Liberdade, valorizando as tradições e a arte do nosso estado sem perder de vista o olhar contemporâneo.

Serviço:

Música de Câmara apresenta Inteiro a Dois

Data/ horário: quinta-feira, 23 de novembro, às 19h

 Memorial Minas Gerais Vale

Endereço: Praça da Liberdade, nº 640, esquina com Rua Gonçalves Dias, Savassi.

Horário de funcionamento: Terça, quarta, sexta e sábado: das 10h às 17h30, com permanência até as 18h. Quinta, das 10h às 21h30, com permanência até as 22h. Domingo, das 10h às 15h30, com permanência até as 16h. Entrada Gratuita

Memorial Minas Gerais Vale

O Memorial Minas Gerais Vale, um dos espaços culturais do Instituto Cultural Vale, já recebeu mais de 1,1 milhão de pessoas, de todos os lugares do Brasil e de outros continentes. São mais de 1.600 eventos realizados e cerca de 200 mil pessoas em visitas mediadas. Integra o Circuito Liberdade, em Belo Horizonte, um dos maiores complexos de cultura do Brasil. Caracterizado como um museu de experiência, com exposições que utilizam arte e tecnologia de forma intensa e criativa, é um dos vencedores do Travellers’ Choice Awards do TripAdvisor. Na curadoria e museografia de Gringo Cardia, cenários reais e virtuais se misturam para criar experiências e sensações que levam os visitantes do século XVIII ao século XXI. Mais que um espaço dedicado às tradições, origens e construções da cultura mineira, o Memorial é um lugar de trânsito e cruzamento entre a potência da história e as pulsações contemporâneas da arte e da cultura, onde o presente e o passado estão em contato direto, em permanente renovação. É vivo, dinâmico, transformador e criador de confluências com artistas independentes e com diversos segmentos da cultura mineira.

***O texto acima é de inteira responsabilidade do autor e não reflete necessariamente a opinião do Portal S4.

Fernando Azevedo

Sou formado em Ciências Contábeis pelo Centro Universitário de Votuporanga, SP (UNIFEV), e também sou um entusiasta de jornalismo, escrevendo sobre TV desde meados de 2009, quando comecei o Portal S4. Além disso, nas horas vagas, sou autor com dois livros publicados e diversos e-books disponíveis para venda na Amazon.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock Detectado

O Portal S4 exibe anúncios para manter nosso conteúdo gratuito, ajude-nos, desligando seu bloqueador de anúncios!