Televisão
Tendência

Cirurgia robótica

IBCR vai apresentar quatro trabalhos no NARUS 2024

A oitava edição do Simpósio Norte-Americano de Urologia Robótica (NARUS 2024), que acontecerá na cidade de Las Vegas, em Nevada (EUA), nos dias 22 a 24 de fevereiro, contará com quatro trabalhos de autoria do Instituto Baiano de Cirurgia Robótica (IBCR). A conquista deve-se à relevância dos estudos sobre quatro cirurgias de alta complexidade realizadas no Hospital Mater Dei Salvador. A maioria dos resultados apresentados no NARUS, um dos mais importantes congressos de cirurgia robótica do mundo, é desenvolvida por urologistas que atuam nos Estados Unidos. Apenas pesquisas de grande relevância desenvolvidas em outros países são selecionadas pelos organizadores.

No Bellagio Hotel & Casino, local do Simpósio, o urologista Alexandre Ziomkowski, coordenador do Núcleo de Ciência e Tecnologia do IBCR e representante da equipe, vai mostrar os vídeos que detalham as técnicas utilizadas nas quatro cirurgias. Todas elas foram realizadas também pelo urologista coordenador do Instituto, Nilo Jorge Leão, e pelo diretor do Núcleo de Urologia do IBCR, Leonardo Calazans, juntamente com outros cirurgiões baianos.

A cirurgia robótica pediátrica conhecida como reimplante ureteral foi foco de um dos estudos. “O procedimento cria uma nova conexão entre o ureter e a bexiga quando o ureter encontra-se obstruído”, resumiu o urologista Nilo Jorge Leão, primeiro cirurgião a realizar uma cirurgia robótica pediátrica na Bahia. Segundo ele, a equipe do IBCR reúne cirurgiões com as maiores experiências em cirurgia robótica infantil do Brasil. “Não poderíamos deixar de compartilhar com o mundo parte desse conhecimento precioso produzido aqui”, destacou o especialista.

O segundo trabalho revela uma nefrectomia parcial de altíssima complexidade realizada em um paciente jovem com câncer renal. Embora a indicação prévia fosse a retirada total do rim, o uso de recursos tecnológicos avançados, como o ultrassom robótico BK5000 (RoboX) e a visão robótica infravermelha (Firefly), aliado à expertise da equipe do IBCR, tornou possível a retirada do tumor com total preservação renal.

A terceira cirurgia beneficiou um paciente do estado de Sergipe, operado em Salvador devido a um estreitamento do ureter, tubo muscular que conduz a urina do rim para a bexiga. “Neste caso, utilizamos uma técnica inovadora que utiliza a hidrocyanina verde para identificar o ponto de estreitamento do ureter. E, com a precisão típica da cirurgia robótica, conseguimos reparar o defeito com sucesso”, explicou Nilo Jorge Leão.

O quarto vídeo que será apresentado no NARUS 2024 pela equipe de urologia do IBCR retrata um caso complexo de tratamento curativo de metástase testicular envolvendo a aorta abdominal em um jovem de 20 anos de idade. Em uma cirurgia convencional (aberta), o paciente ficaria em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e no hospital por 7 a 10 dias, mas com o uso da técnica robótica, ele recebeu alta em 24 horas. Poucas equipes em todo o mundo já realizaram este tipo de procedimento.

***O texto acima é de inteira responsabilidade do autor e não reflete necessariamente a opinião do Portal S4.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock Detectado

O Portal S4 exibe anúncios para manter nosso conteúdo gratuito, ajude-nos, desligando seu bloqueador de anúncios!