Câmera Record 06/06/2021: Os riscos do transporte ilegal é o destaque

Câmera Record
Publicidade

Câmera Record mostra os riscos que o transporte ilegal pode trazer

O Câmera Record deste domingo, 06 de junho, traz os riscos que o transporte ilegal pode trazer a vida das pessoas que pensando em pagar valores inferiores aos praticados pelos transportes legalizados, acabam se colocando num risco que pode causar sérios prejuízos.

Durante 17 dias, os repórteres Rogério Guimarães, Daniel Mota e Michel Mendes viajaram mais de 500 km pelos rios Amazonas e Xingu, enfrentaram tempestades e ameaças, para mostrar como as embarcações irregulares colocam em perigo a vida de milhões de pessoas que dependem do transporte fluvial na região Amazônica. A edição é de Aline Bertoli e Rodrigo Favero.

Nossa equipe revela também as rotas clandestinas usadas por barcos e navios para fugir da fiscalização, que quase não existe, de acordo com documentos das Polícias Civil e Federal, do Ministério Público Federal e da Justiça do Pará obtidos com exclusividade.

A pedido do Câmera Record, a Marinha fez um levantamento sobre acidentes em todo país: são mais de 10.000 na última década, além de milhares de mortos.

Muitos dos que navegam por aquela região ignoram as leis. Andam sem habilitação, não têm autorização para trafegar e não respeitam as normas de segurança das embarcações.

No dia 29 de fevereiro do ano passado, o Anna Karoline III naufragou durante uma viagem entre Macapá, no Amapá, e Santarém, no Pará. A rota era clandestina e o navio levava muito mais peso do que poderia.

Publicidade

Cerca de 42 pessoas morreram. Destas, 15 estavam indo para uma festa, na pequena Almerim, que fica no meio do caminho. A comemoração não aconteceu por causa do acidente e impactou a cidade inteira.

“São muitas, muitas famílias que choram até hoje a morte dos seus parentes”, conta dona Rosa, que perdeu o filho, a nora e a neta.

O Câmera Record encontrou o dono da embarcação, Erlon Rocha. Ele se diz inocente. “Eu não sou culpado e nem posso me culpar por aquele momento”.

Mas não é isso que revela o inquérito, concluído na semana passada. De acordo com a Polícia Federal, Erlon e o comandante da embarcação, Paulo Márcio, e um tripulante vão responder por homicídio culposo — quando não há intenção de matar. Já o sargento Valdiné Pereira da Silva e o cabo Wesley Hilton de Sousa Frias são acusados de prevaricação, que é o delito cometido por funcionários públicos que deixam de cumprir seus deveres de ofício.

O Câmera Record começa logo após mais uma edição do Domingo Espetacular, não perca!

Para assistir o Câmera Record e a programação da RECORDTV, clique aqui!

Print Friendly, PDF & Email
Publicidade

Fernando Azevedo34439 Posts

Sou formando em Ciências Contábeis pelo Centro Universitário de Votuporanga, SP, (UNIFEV), e um aspirante a jornalista que escreve sobre TV desde meados de 2009 quando iniciei o Portal S4, além disso, ainda sou autor nas horas vagas tendo dois livros publicados e diversos e-books à venda na Amazon.

0 Comentários

Deixe um Comentário

onze + 1 =

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password