Notícias

Ajude o Tom: projeto visa unir diversão com educação ambiental

Crédito: Divulgação.

Jogo é uma invenção pioneira de Belo Horizonte e pode ser acessado por qualquer idade

O projeto “Ajude o Tom” surgiu da ideia de dois parceiros em unir a diversão com educação ambiental, a fim de orientar as pessoas sobre a importância da conscientização da reciclagem do lixo. Para isso, o ilustrador Hilton Rocha e o desenvolvedor Luiz Sérgio de Castro, ambos nevenses, criaram um jogo com a proposta de auxiliar as pessoas através da recreação. “Realizamos experiências e estudos sobre programação para games, dinâmicas e novas estéticas de jogos casuais para mobile, alinhando a diversão com a educação ambiental”, conta Luiz.

O jogo propõe um alto nível de imersão e interação com o usuário; sua jogabilidade simples permite que ele seja acessado no ônibus, na fila do banco, na padaria ou em qualquer lugar que a pessoa desejar passar o tempo se divertindo. “A dinâmica do jogo parte da conscientização para a reciclagem. O personagem é um gari que precisa correr de um lado para o outro da rua para recolher os sacos de lixo e arremessar em direção ao caminhão que estará sempre em movimento. Além disso, o jogador precisa dosar o fôlego do personagem durante todo o percurso”, explica.

A expectativa, além de lançar luz para o cuidado com o meio ambiente, é desenvolver uma proposta inédita e autoral mineira, com conceitos, narrativa, game design e programação pensados e executados por artistas locais e regionais, contribuindo para o desenvolvimento da cadeia produtiva de Belo Horizonte e região.

Luiz explica também que os jogos são uma linguagem muito abrangente e poderosa atualmente, principalmente no Brasil, por ter um percentual muito grande de jogadores. De acordo com a Pesquisa Game Brasil (PGB), levantamento anual consolidado sobre o consumo de jogos eletrônicos no país, em 2023, 70,1% dos brasileiros afirmam jogar algum tipo de jogo. “Os jogos são uma linguagem ideal no processo educativo porque, através deles, podemos disseminar qualquer tipo de conteúdo de forma objetiva e lúdica”, finaliza Luiz.

O aplicativo é gratuito, e o download está disponível na Play Store. O projeto é realizado com recursos da Lei Municipal de Incentivo à Cultura de Belo Horizonte, por meio do edital de BH nas Telas 2022 – Fundo Municipal de Cultura.

***O texto acima é de inteira responsabilidade do autor e não reflete necessariamente a opinião do Portal S4.

Redação Portal S4

Felipe de Jesus é Jornalista pela Faculdade Estácio de Sá/BH | Advogado pela UNIESP e Pós-Graduado em Direito Empresarial - Público e Licitatório pela Fac.Focus | Economista pela UNIP/SP | Teólogo pela ESABI | Sociólogo pela Universidade Polis das Artes/SP | Tec.Publicidade pela IPED/SP | Perito & Assistente Judicial Trabalhista - Contábil/Imobiliário pela Faculdade Beta Perícias & Pós-Graduação e Mestre em Comunicação Social: Jornalismo e Ciências da Informação pela UEMC.

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo

Adblock Detectado

O Portal S4 exibe anúncios para manter nosso conteúdo gratuito, ajude-nos, desligando seu bloqueador de anúncios!