Saúde

02 de Abril: Dia Mundial da Conscientização do Autismo

Jovem autista, Giovanna Cariry, e neurocientista Fabiano de Abreu Agrela refletem sobre o autismo

Hoje, em todo o mundo, comemora-se o Dia de Conscientização do Autismo, uma data fundamental para ampliar o entendimento e a compreensão das pessoas sobre o espectro do autismo. 

De acordo com o pós-PhD em neurociência, Fabiano de Abreu Agrela, cada mente é uma janela para um universo singular. “”É fundamental compreender e valorizar a diversidade de funcionamento cerebral, especialmente ao considerar as características únicas das pessoas no espectro do autismo. Cada mente autista oferece uma perspectiva única e valiosa para entendermos a complexidade do cérebro humano. Ao reconhecer e respeitar essas diferenças, podemos promover ambientes inclusivos e oportunidades equitativas para que todos os indivíduos, independentemente de seu neurotipo, possam alcançar seu pleno potencial e contribuir de maneira significativa para a sociedade”, afirma Fabiano.

Giovanna Sousa Cariry, uma estudante autista, afirma que ser autista não é um obstáculo, mas sim uma maneira diferente de perceber e interagir com o mundo. “Os autistas podem ter habilidades e talentos diversos que merecem ser reconhecidos e valorizados em todas as esferas da sociedade”, afirma a jovem.

Giovanna faz parte do Grupo de Pesquisa TEA (RG-TEA), liderado pelo Dr. Fabiano de Abreu, Dra. Lorrana Gomes, advogada e mãe de uma criança com TEA, Dra. Roselene Espírito Santo Wagner, PhD e psicóloga especialista em autismo, Dra. Natalie Banaskiwitz, médico psiquiatra Dr. Flávio Henrique e pelo médico e autista Dr. Daniel Silveira.

O grupo estuda aspectos genéticos, neurológicos e comportamentais de indivíduos com TEA, promovendo a interação e suporte aos indivíduos autistas. “Uma das principais iniciativas do RG-TEA é a criação de uma comunidade online dedicada, onde pessoas com TEA, suas famílias e profissionais de saúde podem se reunir para compartilhar experiências, obter informações e apoio mútuo”, explica a influenciadora.

Além de fornecer suporte emocional e social, o RG-TEA também planeja realizar novas pesquisas sobre diversos aspectos do autismo. Incluindo investigar novas abordagens de diagnóstico, terapias eficazes e estratégias para melhorar a qualidade de vida das pessoas com TEA e suas famílias.

Para Abreu, é fundamental destacar que a neurodiversidade enriquece nossa sociedade de maneiras únicas e valiosas. “Enquanto celebramos o Dia de Conscientização do Autismo, devemos nos comprometer não apenas a aumentar a compreensão e a aceitação, mas também a promover oportunidades equitativas e a criar ambientes inclusivos para todas as pessoas, independentemente do seu neurotipo”, acrescenta.

Ao reconhecer e celebrar a diversidade e as capacidades das pessoas no espectro do autismo, Giovanna e outros pesquisadores estão dando um passo importante em direção a uma sociedade mais inclusiva, justa e compassiva para todos. “Vamos continuar trabalhando juntos para construir um mundo onde cada indivíduo, independentemente de suas diferenças, possa florescer e contribuir plenamente”, finaliza Cariry.

***O texto acima é de inteira responsabilidade do autor e não reflete necessariamente a opinião do Portal S4.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock Detectado

O Portal S4 exibe anúncios para manter nosso conteúdo gratuito, ajude-nos, desligando seu bloqueador de anúncios!